texto abaixo do cabeçalho


8 de jun de 2013

CONCURSO DE POESIA LILA RIPOLL – 2005

                         Marilice Costi



não tenho medo da morte

sou ebulição

uma arma atômica

explosão



sem água nem alimento

movo o corpo ao sabor do vento

quero dançar mas não conforme a música


com vísceras contaminadas

minha carne rasga onde escorre leite

meu cérebro vacila



mas meus braços

ainda embalam

o son(h)o da paz